Diferenças entre cooperativas e empresas | Homem mexendo no computador| Corporis Brasil

Qual é a diferença entre empresa e cooperativa?

As cooperativas são tipos de organizações bastante comuns dentro do território nacional. Esse tipo de instituição, por mais que não seja tão conhecido, é bastante influente no cotidiano das pessoas. Afinal, é provável que todos ao longo da vida já tenham consumido produtos ou serviços que foram distribuídos por elas. Mas afinal, o que exatamente são cooperativas? E qual a diferença delas para uma

cooperativismo

Onde surgiu o cooperativismo?

De maneira geral, o cooperativismo é uma organização socioeconômica que visa reunir pessoas com interesses comuns para promover o desenvolvimento coletivo. Mas a questão que não quer calar é: você sabe onde surgiu esse método de organização?  Através de um contexto histórico bastante específico, o cooperativismo ganhou forma. Entender suas origens pode ajudar a compreender melhor a importância do trabalho cooperativo e seus princípios. 

Quais são os tipos de cooperativas?

Até 2019, havia 13 tipos de cooperativas no Brasil. No entanto, visando modernizar e organizar melhor as atividades exercidas por uma cooperativa, o Sistema OCB resolveu mudar de ideia e adotou uma estrutura com, apenas, 7 ramos. A mudança ainda tinha como objetivo tornar o próprio sistema mais próximo da realidade das associações do Brasil, incentivando o crescimento delas. Neste conteúdo, a Corporis Brasil

Como o cooperativismo revolucionou os modelos de trabalho

Ser dono do próprio negócio é uma ideia quase sempre associada ao empreendedorismo. No entanto, nem todo empreendedor precisa ser, necessariamente, o único dono da sua empresa. Criado há mais de 170 anos, o cooperativismo mostra isso. Trata-se de um modelo de negócio com um aspecto em comum: todos os membros são proprietários do patrimônio da empresa com igual poder de decisão. Interessante, não

Dicas para ter um contrato cooperado de sucesso

Quem conhece sobre cooperativas sabe que são sociedades diferentes das demais que atuam no setor econômico. Isso porque apresenta características específicas que as distanciam do mercado tradicional, visto que seus princípios incluem a liberdade e a não distribuição de lucros aos associados. É certo que o membro presta serviços para a cooperativa, mas por meio dela, e não para ela. Isso modela todo o

Quais os princípios do cooperativismo?

Podemos dizer que os princípios do cooperativismo são linhas orientadoras, pelas quais as cooperativas levam à prática os seus valores. Em sua simbologia, são relacionados às cores do arco-íris, que até chegou a ser adotado originariamente como emblema universal do movimento. A seguir, veja quais são os 7 princípios, designados como “regras de ouro”, para entender o que significa cooperativismo. 1. Adesão livre e

As vantagens de contratar através de uma cooperativa

As cooperativas de trabalho são uma ótima alternativa para que os profissionais se disponibilizem ao mercado levando um diferencial competitivo relevante. Para as empresas, é uma forma de encontrar trabalhadores de primeira linha, qualificados e comprometidos, visto que são sócios-cooperados. Mas essa é só uma das vantagens da contratação cooperativista. Veja quais são as demais! Profissionais capacitados e qualificados As cooperativas promovem a educação

Entenda o que é o cooperativismo na prática

Muito mais do que um formato de negócios, com variados segmentos de atuação, o cooperativismo se trata de um modelo alternativo de sociedade que está sempre buscando produzir e gerar resultados para todos. Claro, de maneira igualitária e justa.  Bom, a roda de uma cooperativa gira baseada nos princípios do sistema, os quais norteiam toda e qualquer ação desenvolvida pelas associações e seus cooperados.

Sistemas cooperativos e singulares: conheça as diferenças

O cooperativismo é, basicamente, uma sociedade que se organiza de forma coletiva para resolver problemas comuns do cotidiano. A ideia é que, através da união, torna-se possível obter resultados que dificilmente seriam atingidos individualmente. Assim, o modelo de trabalho da cooperativa ganhou destaque em todo mundo, por ser democrático, igualitário e ainda oferecer apoio a comunidade. Para facilitar a organização das associações, foram estabelecidas

4 mitos sobre as cooperativas

O sistema de cooperativa veio para ajudar as pessoas, promovendo benefícios para todos os participantes e para a comunidade à sua volta. Para que ele possa cumprir seu papel e para que nós possamos usufruir de suas vantagens, é essencial combater certos mitos espalhados acerca deste modelo de negócio por meio de informações reais, confiáveis. O cooperativismo, mesmo estando cada vez mais difundido no